Um importante momento da 117ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência – Conade, em Brasília, foi a apresentação, no dia 22/08/2018, do Relatório da Human Rights Watch , “Eles ficam até morrer”, pelo pesquisador sênior da organização, Carlos Rios Espinosa.
Na oportunidade, a Diretora da HRW no Brasil, Maria Laura Canineu, fez um breve relato sobre o trabalho desenvolvido por essa organização internacional de direitos humanos.
A referida apresentação foi proposta na reunião anterior do CONADE, pela Conselheira Ana Cláudia M. de Figueiredo, Vice-Presidente da Federação Down, e acatada pelo plenário desse Conselho.
O Relatório “Eles ficam até morrer” pode ser lido na íntegra no link AQUI

 

Posam para a foto, em pé e sorridentes, da esquerda para a direita, Glauciane Santana e Ana Cláudia Mendes de Figueiredo, da Federação Down, Cris Zamari, do Conselho Municipal de Santos, e Maria Laura Canineu. À frente e no centro, Carlos Rios Espinosa está sentado e também esboça um sorriso.

 

 

No dia 22 de agosto, na reunião do Conade- Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, a Diretora da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (SECADI/MEC), convidada, a partir de requerimento das representantes da CUT e da Federação Down nesse Conselho, a apresentar a proposta de reforma da Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva (PNEEPEI), reiterou o discurso de que “a política está sendo construída”. A Federação Down, por meio das Conselheiras Ana Claudia Mendes de Figueiredo (vice-presidente) e Glauciane Santana (diretora regional Nordeste), expressou, contudo, imensa preocupação com a celeridade com que está sendo conduzido o processo de alteração da proposta e com a ausência da imprescindível participação efetiva de todos os segmentos da sociedade na construção da política. É preciso que todos aqueles que acreditam ser a inclusão o caminho para uma sociedade verdadeiramente justa e solidária se envolvam nesse debate, exigindo participação de fato na construção da política de educação especial, que impactará a vida de milhares de pessoas com deficiência, especialmente intelectual e mental .

Imagem de vários/as alunos/as sentados/as, em uma sala de aula, olhando para a câmera. No primeiro plano, um menino moreno, cabelo curto, segura um livro aberto em sua mão direita e, como os outros/as, também olha para a câmera.

 

 

[NOTÍCIAS]

MARIA TERESA MANTOAN EM ENTREVISTA PARA O CANAL EXIT2!

Maria Teresa Mantoan, pedagoga, especialista em educação especial, deu uma entrevista para Revista Digital Exit2! da Espanha. Confira neste link: https://vimeo.com/279824408

 

 

DÉBORA SEABRA PALESTRA EM PORTO ALEGRE.

No dia 15/08 a Débora Seabra, deu uma palestra na Escola Superior da Magistratura, em Porto Alegre e foi um sucesso. Débora, além de professora é vice-diretora regional da Federação Down e está concorrendo ao Prêmio Claudia 2018, na categoria Trabalho Social (https://claudia.abril.com.br/premio-claudia-2018/)

 

 

 

 

 

FELIZ DIA DOS PAIS

A Federação Down homenageia a todos os pais que lutam diariamente por uma vida mais justa e inclusiva.

 

 

 

 

 

 

DEBATE SOBRE INCLUSÃO ESCOLAR

No dia 21/08, na Globo News houve o debate sobre INCLUSÃO ESCOLAR. Estavam lá Eugênia Gonzaga, procuradora regional Federal, Flávio Gonzalez, representante da APAE de SP e o representante da Confenen-Confederação Nacional dos Estabelecimentos de Ensino, Ricardo Furtado. Confira aqui!

 

 

 

SÉRIE DE CURSOS PELA INTERNET – LEPED

O LEPED-Laboratório de Estudos e Pesquisa em Ensino e Diferença oferece uma série de cursos pela internet, de Difusão Cultural, e o primeiro a acontecer é o ‘A DIFERENÇA NAS ESCOLAS’, que acontecerá de 10 a 24 de setembro. O objetivo do curso é proporcionar reflexões sobre conceitos de identidade e diferença visando a construção de uma escola aberta a todos os alunos. Pretende suscitar questionamentos sobre identidades fixadas, ciladas da diferença, bem como, o posicionamento inclusivo nas escolas e na vida.
Público-alvo: qualquer profissional interessado em educação: professores, gestores, professores de AEE, demais membros da comunidade escolar.
Inscrições de 13/08 a 31/08 pelo link

 

 

[ACONTECE]

V CONGRESSO IBEROAMERICANO SOBRE SÍNDROME DE DOWN

Acontecerá nos dias 29 e 30 de abril de 2019, em Cartagena, Colômbia,  com o tema “Multiplicando Oportunidades de Inclusão”. Confira todas as informações de inscrição e mais detalhes AQUI!

 

 

Síndrome de Down. A Diferença que nos une.