Foto: Jéssica Mendes de Figueiredo

Governo alega inviabilidade orçamentária, enquanto defensores da manutenção do aumento do teto falam em resguardar a dignidade humana.

Por  Jornal GGN – 14/03/2020