Como forma de contribuir para o desenvolvimento de jovens e adultos/adultas com síndrome de Down e para a promoção da sua dignidade e autoestima, foi criado um Grupo nacional destinado ao compartilhamento de experiências, ao debate de questões relativas às suas vidas e à aquisição de conhecimentos sobre os direitos das pessoas com deficiência, especialmente aqueles previstos na Convenção sobre Direitos das Pessoas com Deficiência, na Constituição Federal e na Lei Brasileira de Inclusão – LBI.

O Grupo foi idealizado em 2016, pela Vice-Diretora da Federação Down da Região Centro-Oeste, Jéssica Mendes de Figueiredo, e pela Vice-Presidente da FBASD, Ana Cláudia Mendes de Figueiredo, com o objetivo de ampliar para o máximo possível de pessoas com deficiência as conversas sobre educação, trabalho, participação política e social, saúde, cultura, moradia independente, capacidade civil e cidadania; sobre os deveres de todos os cidadãos e também sobre desafios, conquistas, sonhos e realizações.

Com o início das atividades desse Grupo nacional, em agosto desse mesmo ano, os referidos objetivos acabaram sendo ampliados de modo a transformá-lo em um Grupo de Autogestores. Nessa nova configuração, além dos objetivos iniciais de promover o desenvolvimento de pessoas com síndrome de Down e a dignidade e autoestima dos seus participantes, surgiram também os objetivos específicos de buscar uma identidade coletiva e de incentivar e apoiar a efetiva participação de cada um dos seus membros na sociedade, em igualdade de oportunidades com as demais pessoas, nos diversos espaços de exercício de cidadania, tais como audiências públicas, solenidades, conselhos de direitos, diretoria de associações representativas de pessoas com deficiência e eventos em geral.

Os encontros são virtuais, realizados pelo Skype a cada 15 dias, e têm como objetivos imediatos: 1) debater sobre questões relacionadas aos direitos das pessoas com deficiência e 2) capacitar os participantes do Grupo para representá-lo em eventos/ solenidades/ encontros/ seminários/ oficinas, em Brasília e em outras cidades – e representar, em alguns casos, a Federação Down –, em defesa dos direitos das pessoas com deficiência e da inclusão das pessoas com síndrome de Down em todos os espaços sociais.

O Grupo de Autogestores reuniu-se presencialmente em duas oportunidades: em Campinas – SP (out/2016) e em Maceió – AL (out/2017), por ocasião do VIII Congresso Brasileiro de Síndrome de Down. A propósito, nesse evento, promovido pela FBASD, o participou ativamente, tanto contribuindo para o mapeamento dos temas de interesse, quanto contribuindo para as apresentações de várias pessoas com síndrome de Down (cerca de 20), realizadas a partir da preparação realizada pelo próprio Grupo.

Compõem o grupo de Autogestores :

Álvaro Borges Neto – Salvador – BA
Bruno Fernandes – Recife – PE
Débora Seabra – Natal – RN
Fernanda Machado – Porto Alegre – RS
Fernanda Honorato – Rio de Janeiro – RJ
Jéssica Mendes – Brasília – DF
Laura Negri – Curitiba – PR
Samuel Sestaro – Santos – SP
Sofia Alves – São Paulo – SP
Tathiana Piancastelli – Miami – EUA
Vinícius Streda – Santo Cristo – RS

Integram ainda o Grupo, como facilitadoras, as psicólogas Nancy Costa e Viviane Orlandi, a assistente social Juliana Righini e a advogada Ana Cláudia M. de Figueiredo, que também o coordena.

Ainda há vagas para os Estados não representados. Confira aqui se o seu Estado é algum dos que ainda não tem representante e, em caso afirmativo, envie um e-mail para federacaodown@federacaodown.org.br com o seu nome, idade, cidade em que mora e contatos.

 

Protagonismo e autonomia:  é nisso que acreditamos!

 

Jéssica Mendes Figueiredo em Ato em Comemoração ao Dia Internacional da síndrome de Down, na Câmara Federal em Brasília.
Débora Seabra de Moura na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, recebendo a Medalha de Tiradentes
Samuel Sestaro no evento da ONU em Nova York